Cultura, histórias e gastronomia em City Tour de Ciudad del Este

São três horas de conhecimento, experiências e contemplação durante o City Tour.

IMG_20200125_183631

A operadora de turismo, Lleva Tour Operator me convidou para fazer um city tour por Ciudad del este e Puerto Presidente Franco, cidades que fazem fronteira com Foz do Iguaçu. Num primeiro momento vem a sua cabeça, que o passeio não vai ter muitas novidades, pois todo mundo conhece Ciudad de Leste como um centro de compras. Surpresa! A região também tem história, cultura, gastronomia e atrativos turísticos.

Eu e meu neto Luigi (claro que eu o levei), embarcamos nesse passeio sem muitas expectativas, acompanhando um grupo de turistas de Foz do Iguaçu. No final do tour nos tornamos amigos e já planejamos outros passeios pela região.

IMG_20200125_183510
Eu, com o influencer Tadeu Vilalba e Marjo Arbo, executiva comercial da Lleva Tour, que nos fez o convite para o city tour.

Embarcamos em Foz do Iguaçu, mas o passeio começou mesmo, a partir da sede do escritório da LLeva Tour, localizado no Shopping del Este e a primeira parada foi na Catedral San Bras. Aliás, eu sempre tinha muita curiosidade de ver essa igreja por dentro, uma vez que por fora, é linda, porém nunca havia disponibilizei um tempinho para isso.

A catedral foi construída em 1964, com formato de um barco pelo arquiteto Javier Sotrossuz. Boa parte da estrutura foi feita com pedras retiradas do Rio Paraná, que fica bem próximo. Recentemente passou por reformas e conta com lustres, vitrais, uma biblioteca e está localizada bem no centro de Ciudad del Este.

77296316
Catedral San Blas foi construída em 1964

Praças de CDE

O city tour continua e vamos conhecer outras histórias, como a região onde está a prefeitura municipal, que mais parece um daqueles casarões com arquiteturas coloniais dos ricos fazendeiros do século XVI. Na frente da prefeitura, tem duas praças: a Praça Chinesa, que o ditador Alfredo Stroessner construiu para homenagear seu amigo, o presidente Chiang Kai Shek e ao lado está a Praça da Paz, local usado para fazer muitas manifestações ou repúdios.

Outra história que não sabíamos, é que o aeroporto de CDE era quase em frente a atual prefeitura, onde hoje tem amplo espaço de lazer com pista de caminha, play para a crianças e quadras esportivas.

2908172400-mesquira
Mesquita mulçumana Alkhaulafa Al-Rashdeen

Mesquita – O carisma e a beleza deixaram o grupo bem à vontade na mesquita. Mulheres precisam colocar as vestimentas para cobrir o corpo e todos precisam tirar o calçado para pisar em solo sagrado. A

, custou cerca de um milhão de dólares, onde sobressaem duas torres de 35 metros de pura arquitetura árabe.

A quarta parada do passeio é no Lago da República. Local lindo e que foge do agito ensurdecedor do centro comercial de CDE. A natureza é expressiva e preservada e quase não se vê lixo jogado por lá. Também não se pode construir prédios para não comprometer a vista do lago. Tem pista de caminhada, muitas espécies de plantas e a água é coletada para abastecer a cidade.

8320462924_fc3e83c464
Lado da República

O lago é artificial e foi formado pela represa Amambay e os moradores utilizam para fazer atividades físicas, relaxar, passear e até fazer canoagem. Na orla se pode encontrar sorveterias, bares, restaurantes e até casas noturnas.

Eu sempre gostei de igrejas com arquiteturas diferenciadas. As antigas me encantam ainda mais. Quando chegamos na igreja de São Lucas, fiquei muito emocionada. Ela reúne muitos tipos de madeira nobres, vitrais, lustres, mármores e as portas são entalhadas com contos bíblicos. Considerada uma das mais bonitas de CDE, a igreja possui ainda uma figura que conta a história de Nossa Senhora de Caacupe, a padroeira do Paraguai.

san lucas
Paróquia San Lucas

Mas agora é hora de dar uma paradinha para alimentar o físico. No circuito, a Lleva Tour faz uma parada na chiperia Mi Abuela. A variedade de chipa é grande. Vai da tradicional, às temperadas e recheadas. Também tem sucos, confeitarias e lanches.

Salto Monday

Na tradução para o português livre, significa ‘águas que roubam’. Vou explicar: Os extrativistas de madeiras, ou seja, os homens brancos como eram chamados pelos índios, roubavam a madeira nas terras indígenas e transportavam através dos rios Monday e Paraná, até Buenos Aires. Lá, as toras roubadas eram documentadas e levadas legalmente para a Europa.


O salto, que está dentro do Parque Municipal Saltos del Rio Monday, possui 45 metros de altura, cerca de 200 de largura e três quedas. Está localizado na cidade de Puerto Presidente Franco, a 20 km de CDE. O complexo ainda possui trilhas, mirantes, elevador e passarelas.

Ainda oferece um restaurante para os visitantes, mas também foi descoberto pela vizinhança como um lugar agradável para um happy hour ou para comemorações. Tem também um circuito de arvorismo e tirolesa, paredões para rapel, que fica bem ao lado da grande queda d´água.

Serviços
Lleva Tour Operator.
Tell: +595 61 503 564
End: Av. Monseñor Rodriguez – Shopping del Este, 7000/Paraguai

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s